Resenha: Os Sofrimentos do Jovem Werther

21:44 Luca Alves 4 Comments

 
Autor: Johann Wolfgang Goethe
Ano: 1774
Idioma: Português
Editora: Martin Claret


Sinopse: Os Sofrimentos do Jovem Werther é definido como um marco na literatura alemã e mundial. Escrito em 1774, foi uma das obras que mais influenciaram os jovens do período. Marcada por uma narração densa, lírica e essencialmente psicológica, a personagem atormentada de Werther tornou-se um modelo de herói pré-romântico. A obra narra a paixão devastadora de Werther pela bela Lotte, com tom confessional e intimista, por meio de cartas, a história é comovente . A leitura é obrigatória.






Resenha:

 Os Sofrimentos do Jovem Werther é a obra do autor alemão Johann Wolfgang Goethe que abre a Escola Literária do Romantismo . É um livro autobiográfico, com alguns detalhes fictícios, como nomes e o final.

Por meio de cartas, o livro conta a história de um jovem e seu fim trágico devido a um amor impossível. Características típicas do Romantismo, tais como, pessimismo, crítica social e liberdade de expressão, são facilmente encontradas na obra.

O livro é tão profundo que provocou uma grande quantidade de suicídios na Europa, nessa época. Até Napoleão confessou, quando se encontrou com Goethe, ter lido Os Sofrimentos do Jovem Werther inúmeras vezes e aprovou.

É um clássico da Literatura Mundial de leitura obrigatória. Não achei a história uma das melhores dessa época, confesso que já li livros que me deixava surpreso a cada capítulo.

Nele, você passa boa parte do tempo com um nível alto de romance para no final levar um susto com o que ocorre. Talvez isso faça parte do estilo do autor e isso não tira o mérito do mesmo. Para confirmar isso, li Fausto, outra obra de Goethe, e confirmei que ele é realmente muito bom e digno de todo seu reconhecimento.

Notas(4/5)

Você pode ler também

4 comentários:

  1. Olá, tudo bem??

    Esse é o tipo de livro que nós aprendemos sobre ele na escola, eu particularmente amo literatura e me encanto com as aulas, mas raramente vamos atrás dos livros... Com um certo preconceito até, principalmente com medo da linguagem utilizada... Que muitas vezes acaba sendo um obstáculo para o bom entendimento da obra. Adorei a resenha e super me incentivou a ler. Assim que tiver um tempo, com toda a certeza irei lembrar desse livro!

    XOXO
    Umnovo-roteiro.blogspot.com
    PS: te vejo lá no meu cantinho, né?

    ResponderExcluir
  2. E aí!!
    Cara, eu adoro livros profundos e tals... Fiquei super curioso ao saber que provocou suicídios pela Europa e que mexeu até com Napoleão hahah
    Adorei sua resenha ^^
    Abraços!!
    Enjoy The Little Things

    ResponderExcluir
  3. Oi Sofia.
    Nunca tinha ouvido falar da obra =/ nem do autor, logo eu não acompanho clássicos euheuheu
    Eu vim te avisar que te indiquei na tag 7 coisas! Espero ver tuas respostas, caso ainda não tenha respondido
    Bjs da Le
    Le Versos & Controvérsias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não respondi Le. Mas com certeza vou fazer. Obrigada por lembrar de mim.

      Excluir

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)