ESTAMOS MATANDO A REVOLUÇÃO!

15:29 João Henrique Arantes 15 Comments


Já reparou que hoje em dia está cada vez mais difícil achar um artista fora dos padrões e com músicas completamente diferentes do que vemos todos os dias, ou do que as músicas que estão nos charts?
Bom, pelo menos aqui no Brasil na época da “Ditadura” onde aconteceram coisas realmente marcantes e horríveis, podemos ver que na música surgiu liberdade, e vontade de tornar as coisas possíveis.
Ok, minha opinião hoje poderia ser que “os artistas estão morrendo por dinheiro”, PODE SIM, mas também pode ser que “não temos mais nada para lutar, porque a vida é perfeita e nós a complicamos” é verdade? É VERDADE, mas se nós mesmos á complicamos, estão temos que “descomplicar” e lutar pelo o que achamos que é certo!
E infelizmente, está difícil ver isso!
Recentemente, eu vi a P!nk, se pronunciando sobre o VMA 2015, que aconteceu 30 de agostou; “Eu me sinto envergonhada e triste. E velha. Nós estamos envelhecendo, mas falando sério. Me sinto triste porque a música deveria inspirar. Salvou a minha vida. Este lixo não vai salvar a vida de ninguém. Em um mundo que está mais assustador e com vidas que valem ser salvas, quem irá salvar a alma? Os desprivilegiados, talvez. Além do Macklemore e do Pharrell e Bieber e The Weeknd, Tori Kelly também foi muito bem. O resto foi um tosco e embaraçoso e difícil para esta velha do pop acreditar” e ela não está errada!
E também recentemente no prêmio da Multishow,  o ator José de Abreu, mostrou sua infelicidade sobre o evento; “O fim da música” quando o Jornal (O GLOBO) fez uma manchete que confirmava que a premiação consagrou Anitta e Luan Santana.
Para ser bem sincero, não acho que música brasileira está perdida, ultimamente estou vendo esses cantores e bandas novos estão salvando a música Mpb e rock exemplo; Tiê, Supercombo...
O meu problema está ligado na música internacional mesmo!
Como Anitta é como eu, e não levamos desaforo para casa ela respondeu; “Ou o início de uma nova fase, já que estamos falando de jovens. E você, votou no seu preferido pra que fosse diferente?”
E para fechar a minha conclusão aqui, estamos vendo a parte um do grande final ainda!

Top “AS MÚSICAS QUE EU FALEI QUE ESTÃO SALVANDO O MPB” (5)

15 Comentários:

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)

Lançamentos DE SETEMBRO

16:41 João Henrique Arantes 8 Comments


Gente, como tá no meu manual, na penúltima quarta-feira do mês eu irei falar sobre os lançamentos do mês.  Mas eu só falo dos lançamentos que gostei, então espero que gostem também!

Alessia Cara - Here
Gente eu nunca tinha ouvido falar dessa mulher, juro! Mas essa nova música dela eu simplesmente amei, muito perfeita, sem contar como a voz dela chama completamente a atenção da música.
Mas já que meus amigos estão aqui, só vim para curtir
Mas para falar a verdade, preferia estar em casa sozinha
Não nesta sala cheia de pessoas
Que nem se importam com o meu bem-estar
Eu não danço, nem pergunte, não preciso de um namorado.”

8 Comentários:

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)

Resenha: O Despertar do Príncipe

14:37 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 16 Comments

Veja como foi conhecer a Colleen Houck aqui em São Paulo (www)

O Despertar do Príncipe
Autora: Colleen Houck
Ano: 2015 / Páginas: 384
Idioma: português
Editora: Editora Arqueiro
Nota


Sinopse: Quando a jovem de dezessete anos, Lilliana Young, entra no Museu Metropolitano de Arte certa manhã, durante as férias de primavera, a última coisa que esperava encontrar é um príncipe egípcio ao vivo com poderes divinos, que teria despertado após mil anos de mumificação.E ela realmente não poderia imaginar ser escolhida para ajudá-lo em uma jornada épica que irá levá-los por todo globo para encontrar seus irmãos e completar uma grande cerimônia que salvará a humanidade.Mas o destino tem tomado conta de Lily, e ela, juntamente com seu príncipe sol, Amon, deverá viajar para o Vale dos Reis, despertar seus irmãos e impedir um mal em forma de um deus chamado Seth, de dominar o mundo.

Resenha: Já fazia alguns meses que eu estava procurando um livro que me sugasse, me deixasse emocionada e arrebatasse meu coração.
O Despertar do Príncipe foi o primeiro contato que tive com a Colleen Houck, e já posso dizer que amei a experiência e não vejo a hora de ler outros livros da autora.

Em O Despertar do Príncipe a autora apresenta ao leitor a cultura egípcia de uma forma encantadora e fácil de entender. Colleen tem uma escrita simples e ágil que te faz querer devorar o livro em poucos segundos. A autora soube mesclar muito bem aventura e romance com a cultura egípcia, o que acaba nos proporcionando descobrimentos e lições que são dadas através de Amon e outros personagens. Mas o ponto positivo para mim, que não é muito fã de romance, foi ver que ela não focou somente no romance e sim deu espaço para que Lily vivesse uma grande aventura e descobrisse como é ser livre de verdade, ao mesmo tempo o leitor também vive essa aventura e torce para que a personagem central cresça mais e mais.

Mesmo que a autora tenha conquistado um espaço no meu coração, não pude deixar de notar que os diálogos do livro podem ser mais trabalhados. Muitas vezes os diálogos eram mornos e outras vezes tinham enxurradas de informações sobre o Egito, que explicam as origens de Amon, e que podem confundir o leitor por conta da forma que a autora escolheu para mostra-las.

Acredito que alguns personagens irão crescer e ser mais explorados ao longo da série, principalmente Lily que, ao meu ver, apresentou grandes mudanças no fim do livro. No começo algo que me incomodou foi os detalhes exagerados de sua riqueza que a personagem exaltava, alguns trechos contém muitos detalhes de como é o apartamento dela, sua vida rica e suas roupas caras, mas depois isso muda e Lily passa a ser uma garota aberta a novas coisas e novas experiências, assim ela acaba esquecendo o quão rica ela era.

Como eu disse anteriormente, Colleen sabe colocar cada parte da história em seu devido lugar, sendo assim o final não poderia ter sido melhor! O amor que brotou entre Amon e Lily é tão fofo que nos faz suspirar e criar uma grande torcida entre os dois. A autora finaliza o livro da forma que eu mais gosto: com um epílogo que conseguiu deixar qualquer pessoas louca para que o livros dois seja lançado o mais depressa possível.

O livro é uma ótima forma de aprender mais sobre uma cultura, se divertir e ler ao mesmo tempo. Houck está de parabéns por ter escolhido trabalhar com uma cultura tão rica, linda e interessante, ao ponto de deixar qualquer um apaixonado com o que ela escreve.

P.S: Eu nem preciso comentar nada sobre essa edição maravilhosa que deixa qualquer colecionador de livros babando!

16 Comentários:

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)

Noite de Autógrafos com a Colleen Houck - Lançamento de: O Despertar do Príncipe

00:18 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 20 Comments

Eu e minha Prof de Português

Oi Pessoal!
Hoje trago para vocês minha primeira experiência que tive em uma noite de autógrafos. Hoje (15/09), tive a chance de conhecer minha nova escritora favorita! Collen Houck acabou ganhando um espaço no meu coração quando comecei a ler O Despertar do Príncipe, por isso não pude perder a oportunidade de conhece-lá.

20 Comentários:

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)

Resenha: O Sangue do Cordeiro

02:14 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 12 Comments

O Sangue do Cordeiro
Autor: Sam Cabot
Ano: 2015 / Páginas: 368
Editora: Arqueiro (Editora Parceira)
Nota:

Sinopse: Este documento, querida amiga, vai abalar a Igreja.”
Ao ler essas palavras em uma carta encontrada em um arquivo empoeirado, Thomas Kelly fica cético. O documento citado na correspondência está desaparecido, mas Thomas, padre da ordem dos jesuítas, duvida que exista algo com tal poder – até ser convocado ao Vaticano para iniciar uma busca desesperada por ele.
Enquanto isso, diante de um conselho formado por seus superiores, Livia Pietro recebe instruções claras: encontrar um padre jesuíta recém-chegado a Roma e juntar-se a ele na procura da Concordata, um tratado que contém um segredo tão chocante que poderá destruir para sempre todo o povo de Livia.
Enquanto pistas cifradas do passado lançam os dois em um universo traiçoeiro repleto de obras de arte, maquinações religiosas e conspirações, eles são caçados por pessoas capazes de tudo para achar o documento primeiro. Thomas e Livia, então, precisam correr para montar o quebra-cabeça capaz de redefinir os rumos da história e evitar o caos e a destruição que a revelação da Concordata poderá causar. Livia, porém, tem um segredo: ela e seu povo são vampiros.
Com uma narrativa que remete ao estilo de Dan Brown e ao terror sobrenatural de Anne Rice, O sangue do cordeiro é uma viagem inesquecível a um passado inimaginável.

Resenha: Esse livro foi como uma grande montanha-russa para mim. Em alguns momentos minha nota era 4, depois 3 e subia para 4 de novo. Em O Sangue do Cordeiro, Sam Cabot (pseudônimo de Carlos Dews e S. J. Rozan) desenvolve uma trama que poderia ser mais trabalhada e explorada para um lado mais sombrio e, digamos, com mais sangue.

Ler um livro que tenha um enredo sobre vampiros e a igreja católica pode ser animador e ao mesmo tempo cansativo,  e foi essa a sensação que eu tive ao ler essa obra. Por juntar dois mundos que geraram tantas histórias e lendas eu imaginava que o autor (ou os autores) iria nos mostrar uma grande batalha e um mistério que faz com que você não pare de ler até acabar. Não é exatamente isso que acontece. Há sim uma intriga entre a igreja católica e os vampiros, mas eu esperava algo mais emocionante.

Talvez, a ideia do autor de colocar vários personagens para chamar a atenção do leitor tenha falhado muito nesse livro. Não senti necessidade nenhuma de colocar personagens insignificantes, que só apareciam de vez em quando, para criar aquele suspense de como será o final. E acabou que alguns desses personagens eram tão insignificantes que o final deles na obra me deu raiva e me fez pensar: Pra que isso?.

Lívia e Thomas são dois personagens que me atraíram e, se eles existissem, eu adoraria conhece-los. Por mim, se eu fosse o autor, colocaria apenas eles dois atrás da Concordata e o livro se desenvolveria de uma forma mais rápida, agradável e muito mais emocionante.

A escrita de Sam Cabot não me agradou 100%, mas também não me decepcionou. Acho que se o autor tirasse toda a enrolação e partes desnecessárias tudo estaria bem e sua obra seria minha favorita. Até entendo que ele focou mais na parte da igreja católica, porém seria muito legal ver os vampiros agindo como os vampiros do livro Abraham Lincoln- Caçador de Vampiros, a trama ficaria mais balanceada e desesperadora.

Ao todo o livro não foi um dos meus favoritos do ano, mas também não foi uma grande decepção. Mesmo tendo vários personagens e coisas nada a ver tentei focar mais nos principais e acabei gostando da inteligencia de Lívia e Thomas e da mensagem que o autor quis passar de que mesmo tendo votos e acreditando em algo, somos humanos e temos desejos (no caso de Thomas, que era  padre e Lívia, que era vampira, e cometeu um erro que não posso contar). O autor também mandou muito bem ao juntar a história real com o fictício. Ver "revelações" de personagens tão importantes para a nossa história consegue deixar qualquer um de boca aberta! P.S: Quem leu vai saber do que estou falando.

Eu adorei a capa desse livro, o capista soube dosar o vermelho sangue com a imagem da igreja. Dentro do livro tem um mapa de Trastevere, que é o local que a trama se desenvolve, que ajuda o leitor a seguir os paços dos personagens.

12 Comentários:

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)

Lançamentos Setembro: Arqueiro e Sextante

02:29 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 1 Comments


Oi Pessoal! Hoje vim trazer para vocês lançamentos que irão ser lançados pelas editoras Arqueiro e Sextante! Esse mês tem livro para todos os gostos e idades. Vale a pena conferir!

1 Comentários:

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)

FKA TWIGS - M3LL155X

15:47 João Henrique Arantes 11 Comments


Bom pessoal, eu quero deixar bem claro aqui para você, como vai ser o meu Manual de Postagens
RESENHAS- Como o blog é sobre resenhas, só que de livros, eu resolvi fazer resenhas sobre músicas, clipes e álbuns, que vai ser todas as 1ª quarta feira do mês. (ACHO QUE TÁ MAIS PARA UMA ANÁLISE DO QUE RESENHA.)
LIVRE- Eu posto o que eu quiser.
NOVIDADES DO MÊS- Eu posto sobre os melhores clipes do mês
INCRÍVEL MUNDO DE... - O fabuloso mundo de alguma cantora que eu escolher

Bom, Hoje eu vou fazer uma Resenha sobre o “álbum” novo da cantora Fka Twigs.
Eu o vejo como um suporte/base para você se levantar, demorou certo tempo para eu perceber a mensagem e deduzi-la na minha cabeça, com o que “EU ACHO”.
Esse álbum me incomodou muito com essas batidas e sons extremamente exagerados, (FOI BOM OU RUIM?) foi ótimo, admiro muito ela, por conseguir colocar coisas que são extremamente insuportáveis como músicas. Tipo no último álbum dela o “LP1” tinha; sinos, buzina de carro e alguns barulhos meios alienígenas, eu amei essas misturas, sinceramente parabéns.
O Álbum contém 5 faixas,  trazendo um estilo R&B, Alt-R&B e Eletrônica.
Cada música do álbum segue um caminho diferente da outra, você percebe isso claramente.
Com esse álbum, nós amantes por músicas, podemos aproveitar cada pedacinho dessa grande cantora, e conhecer a figura que ela mostra ser. OPAAA me esqueci de falar, que é álbum é Audiovisual, ou seja, você ouve e vê/assiste, o clipe do álbum contém 16 minutos e posso ser sincero aqui com vocês? VALE MUITO APENA ASSISTIR, porque foi bem feito e tem umas mensagens subjetivas no clipe!
Ok, vamos ouvir as músicas desse álbum maravilho.

11 Comentários:

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)