"Artista" da Semana: Daniel Defoe

20:28 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 9 Comments


Eu ESTAVA lendo o Livro Robinson Crouser (mas parei) e na edição que eu peguei tinha a historia do autor Daniel Defoe.E foi uma historia bem interessante que eu ate gostei.Ele viveu na década de 60 ( 1660),e vamos se dizer que ele era o Renato Russo da geração passada (bem passada mesmo) porque ele era corajoso e falava através de textos e poemas a verdade sobre politica e muitas outras coisas da "sociedade" passada, mesmo sem ter liberdade para fazer isso.Coisa que nos podemos fazer hoje,mas não fazemos. Vamos ver um pouco da biografia dele:
A Maioria das fotos dele são desenhos ou pinturas,por isso nao coloquei.

Daniel Defoe (Londres, 1660 – Londres, 21 de Abril de 1731) foi um escritor e jornalista inglês, famoso pelo seu livro Robinson Crusoe.
Nascido como Daniel Foe, provavelmente na paróquia de St.Giles Cripplegate. Depois de acabados os estudos, Defoe tornou-se comerciante, embora a sua tendência para a especulação não tenha favorecido essa carreira.
Defoe escreveu panfletos famosos,Contudo, foi graças a Robinson Crusoe, de 1719, que ficou famoso. Os críticos consideram geralmente que a forma moderna do romance nasceu com esse texto narrativo, que, partindo das memórias de alguns viajantes, nomeadamente do marinheiro escocês Alexander Selkirk, configura um relato cuja verdade depende sobretudo da acumulação de pormenores concretos.
Neste romance narra-se a história do único sobrevivente de um naufrágio que o isola numa ilha aparentemente deserta. Assim se figura o percurso de uma personagem que, tudo fazendo para conservar os valores da sua humanidade básica, afirmando-os sobre uma natureza hostil e frequentemente incompreensível, acaba por ser adaptada pela História das Ideias como um arquétipo dessa condição.
Em Moll Flanders de 1722, Daniel Defoe continuou a problematizar narrativamente os percursos de personagens solitárias e em crise. Uma outra obra significativa é A Journal of the Plague Year, também de 1722, na qual constrói um relato de uma epidemia de peste com admirável e original realismo.
Faleceu em 21 de abril de 1731. Encontra-se sepultado em Bunhill Fields Burial Ground, Londres, Grande Londres na Inglaterra. FONTE: Wikipédia

Você pode ler também

9 comentários:

  1. Adoro ! Amei o post, e amo este blog, sigo ele desde o comecinho, mas só criei um blog agora, poderia dar uma visitinha ? Ele é meio "tosco", mas estou tentando dar uma melhorada, hehe.

    Beijos
    olhosderimel-blog.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro.Obg pelo carinho,ja estamos seguindo.Passe mais vezes aqui.

      Excluir
  2. Não conhecia ele, foi bom saber (:
    Só faltou uma fotinho, rs...
    -Beijos !
    www.tutoriar.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente não achei uma foto dele,so pinturas ou desenhos!

      Excluir
  3. não conhecia esse autor...

    www.meninaperdida.com

    ResponderExcluir
  4. Achei tão cult esse post hahah , amei amei amei. Agora vou correr pra pesquisar mais sobre escritor e eu acho mara o Robinson Crouser *-*

    Beijos , Anna!

    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Já tinha ouvido falar dele *-*
    Hey, é a Merida de Valente em seu banner?

    Seguindo seu blog, amor
    Segue o meu de volta?
    www.cupcaketaste.com

    ResponderExcluir
  6. Eu conheço o livro, mas ainda não sabia nada do autor ;S
    Achei bem interessante a historia dele.
    Beijos,
    Fernanda,
    http://www.lendoeesmaltando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)