Resenha: O que há de estranho em mim?

16:31 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 28 Comments

O Que Há De Estranho Em Mim
Autora: Gayle Forman
Ano: 2016 / Páginas: 224
Editora: Arqueiro
Nota:

Sinopse: Ao internar a filha numa clínica, o pai de Brit acredita que está ajudando a menina, mas a verdade é que o lugar só lhe faz mal. Aos 16 anos, ela se vê diante de um duvidoso método de terapia, que inclui xingar as outras jovens e dedurar as infrações alheias para ganhar a liberdade.
Sem saber em quem confiar e determinada a não cooperar com os conselheiros, Brit se isola. Mas não fica sozinha por muito tempo. Logo outras garotas se unem a ela na resistência àquele modo de vida hostil. V, Bebe, Martha e Cassie se tornam seu oásis em meio ao deserto de opressão.
Juntas, as cinco amigas vão em busca de uma forma de desafiar o sistema, mostrar ao mundo que não têm nada de desajustadas e dar fim ao suplício de viver numa instituição que as enlouquece.

Resenha: Gayle Forman é a mais nova autora que entra para minha lista de: não sei se amo ou odeio. Após ler "Se Eu Ficar", me senti um pouco decepcionada com a história, principalmente depois de ler comentários tão positivos de como o livro arrancava lágrimas de qualquer um. Bom, comigo não rolou. Depois disso fugi um pouco dos livros da autora, porém, um belo dia, eis que surge O que há de estranho em mim?

No livro vamos acompanhar um pouco da história de Brit, uma menina de 16 anos que "perdeu" sua mãe e aos poucos foi perdendo seu pai para a madrasta e seu meio-irmão. Brit participava de uma banda de rock, com seu estilo descolado e meio rebelde, até que seu pai decide interná-la na instituição Red Rock, um reformatório que promete colocar meninas rebeldes na linha.

A trama se desenrola na Red Rock e lá vemos outros personagens importantes para o desenvolver da história. Brit faz novas amigas, V, Martha, Bebe e Cassie, que ajudam a menina a sobreviver ao mais novo inferno de sua vida.
As técnicas usadas para "colocar meninas na linha" na Red Rock são extremamente absurdas que variam entre colocar meninas na solitária a rodas de xingamento coletivo, digamos assim.

Eu adoro a escrita da Gayle. Mesmo que não tenha gostado de "Se eu ficar" e amado "O que há de estranho em mim?" o que mais me chama a atenção é a escrita da autora.
Gayle tem uma escrita tão leve, agradável, que consegue nos carregar para sua história independente de como o livro termina.

Depois de passar praticamente dois meses lendo uma fantasia pesada, esse livro foi uma maravilhosa diversão para mim. Não é uma obra espetacular, mas de certa forma mexe com a gente. Ver (ou ler) as coisas que essas meninas passavam me fez pensar em todas as instituições que ainda existem no mundo e utilizam técnicas semelhantes ou piores das que foram citadas no livro. Brit e suas amigas são meninas inteligentes, sensíveis, que precisavam de cuidado e amor por parte dos pais.

O livro traz uma leveza tão grande que é possível ler em três dias ou menos.Foi uma leitura muito proveitosa, que me agradou e, de certa forma, me surpreendeu, pois eu realmente não esperava gostar tanto de um livro de uma autora que eu não tive uma experiência muito agradável da primeira vez.
Super recomendo para todos, principalmente para quem quer relaxar um pouco das leituras pesadas que anda lendo.

Você pode ler também

28 comentários:

  1. Olá, essa é a terceira resenha sobre a obra que leio hoje...preciso desesperadamente ler esse livro, kkkkk

    Parabéns! Adorei o blog, minhas visitas vão se tornar rotina ;)

    Beijokas da Quel ¬¬
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  2. oi ^^
    pow eu adorei esse livro. tava meio receosa no começo, mas li super rápido. vale realmente a pena.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?

    A primeira vista esse livro não me atrai muito, mas depois de entender a sua premissa, já o vejo com outros olhos. Fora que, eu adoro a editora. Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Dai | Blog Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  4. Olá! Estou louca por esse livro, foi amor a primeira vista.
    Uma das resenhista do Cia do Leitor, ficou com o livro que a editora Arqueiro disponibilizou, mas confesso que quase assaltei ela! hahaha
    Cada vez que leio uma resenha deste livro mais percebo o quanto ele me fará feliz, pois faz muito meu estilo.
    Parabéns pela resenha, muito boa!
    Bjocas
    Ni
    Cia do Leitopr

    ResponderExcluir
  5. Olá.
    Eu me apaixonei pela escrita da Gayle em Se eu Ficar e Para onde ela Foi. Então com certeza que estou morrendo de vontade de ler este livro também!
    Aliás, eu e minha mãe estamos, kkk.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Oie,

    Vejo que a Gayle está ganhando todos com os seus livros, mas eu ainda não tive oportunidade de ler nenhum livro ainda, e nem sei mais por qual começar. Essa capa é muito linda! A sua resenha é a primeira que eu leio do livro, que antes eu não dava nada, agora já quero conhecer a história!

    Mayla

    ResponderExcluir
  7. Li Se eu ficar e realmente não gostei nem um pouco do livro. Mas esse parece interessante... E, como você disse, leve. Acho que darei mais uma chance a autora!

    ;*

    ResponderExcluir
  8. Oi Sofia!
    Desde que eu li "Se eu ficar" fiquei apaixonada pela escrita da Gayle. Ela é incrível, e consegue escrever de um jeito tão leve e dinâmico, que faz da leitura uma coisa gostosa e simples. Estou louca para ler "O que há de estranho em mim" desde que soube do seu lançamento, e mal vejo a hora de fazê-lo.
    Beijos
    Carol
    www.sobrevicioselivros.com

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Eu tô louco por esse livro desde que foi anunciado; Que inveja de você por ter lido,mas muito obrigado por ter resenhado.
    Eu gostei muito também da escrita da Gayle quando li "Se eu ficar".O Livro é bom,a história é incrível e acho que ela explorou pouco,mas gostei. Esse parece ser bem mais interessante e depois da sua ótima resenha tenho certeza que preciso ler!
    Beijo.

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu não li a obra, mas pelas resenhas que eu tenho lido do livro, vejo que o grande destaque é que Gayle aborda um tema importante: pais que não sabem lidar com filhos em processo de autoconhecimento e desenvolvimento emocional. O chamados problemáticos. E que muitas vezes acabam sendo considerados doentes. O problema é que as instituições que deveriam ajudar estão ali só para ganhar grana em cima desses problemas. Essa obra me lembra muito Garota interrompida.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. OI. tudo bem?
    Bom, eu li "Se eu ficar" e confesso que fiquei bem apaixonada pelo livro, apesar de -pelo que me lembro- também não ter chorado, rs. E olha que sou maior manteiga derretida!! Bom, eu estou doida para ler esse e Apenas um dia, da mesma autora. Beijinhos. Flores no Outono

    ResponderExcluir
  12. Olá! Todo mundo fala maravilhosamente de Gayle, mas mesmo assim não consigo gostar de seus livros, estou com Se eu ficar, empacado aqui há semanas e não consigo começar a leitura. Mas a premissa deste livro que você resenhou,me agradou o suficiente para ficar curiosa e adicioná-lo na minha lista de leitura! haha ótima resenha.

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  13. Sofia, sou louca para ler algo da Gayle, mas ainda não achei o momento certo para lê-la.
    E sinceramente por tudo que ando lendo sobre esse livro estou morrendo de curiosidade em lê-lo.
    Adorei a premissa.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  14. Oi
    Não li nenhum livro da autora ainda, estou louca para ler um ivro dela e o livro '' o que há de entranho'' tem um sinopse bem interessante já chamou minha atenção, com a sua resenha acho que deu mais um ponto de que eu tenho que comprar esse livro. Adorei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oie!
    Também li Se Eu Ficar e não gostei tanto igual as outras pessoas e ele não tirou nenhum lágrima de mim igual esperava, mas desde que vi o lançamento de O que Ha de estranho em mim, eu estou louco para lê-lo! Parece ser bem diferente do Se eu ficar e sua resenha me deu essa impressão também! Agora, após ler sua resenha, estou querendo deixar esse pular a fila hahaha
    Abraços, Raphael
    aestantedosgemeos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi! Tudo bem?

    Nossa, eu li esse livro semana passada e simplesmente AMEI!!! Nunca tinha lido nada da autora e me surpreendi positivamente com essa obra. Acho que ao mesmo tempo que é um livro leve, também é um pouco pesado por conta dos traumas causados nas garotas.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo.
      Da para sentir os dois nesse livro. As vezes até me imaginava na trama e só de imaginar já era horrível.
      bjs

      Excluir
  17. Hi baby, tudo bem? poxa quero muito ler esse livro, muito mesmo, já vi varias resenhas que falam super bem dele! fiquei um pouco com o pé atrás pela protagonista ter uma banda e tal mas sei que o livro é muito mais do que isso! inclusive adorei sua resenha <3

    Estou seguindo seu blog amore <3

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas por quê?
      A autora nem foca na banda e só coloca duas cenas... Nem dá para lembrar que ela em uma banda kkkk
      Obrigada, bjs

      Excluir
  18. Eu não gostei do primeiro livro que eu li da autora, mas confesso que eu estou muito interessada nesse porque o enredo parece ser bem interessante.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Ola tudo bem?
    Gostei bastante da capa! A leitura parece ser um pouco pesada e o tema forte demais, mas acho que vale a pena conferir!

    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A leitura não é pesada e por incrível que pareça o tema não ficou forte...
      Acho que expliquei isso na resenha.
      bjs

      Excluir
  20. Olá Sofia, é legal quando um autor que não nos agradou em um primeiro contato consegue nos surpreender positivamente em outro livro neh? *-* Eu estou morrendo de vontade de ler este, além de ter uma capa linda a premissa parece ser bem legal e trabalhada *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  21. Oi, Sofia <3
    Eu ainda não li nada da autora, mas se eu ler com certeza vai ser esse livro. Ele tem uma capa linda e parece ter um enredo incrível! Estou sem $ no momento, mas ele já tá na lista haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Ei, tudo bem?
    Eu adoro a escrita da autora e me apaixonei por Se eu Ficar. Estou muito empolgada para ler esse livro, principalmente pelas resenhas positivas que tenho visto. Gayle tem uma forma única de tratar de assuntos sérios e não vejo a hora de conferir o que ela fez nesse livro.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  23. Olá, Sofia!
    Eu também amei a forma que a Gayle escreveu esse livro, cheio de leveza e sem enrolação, é um dos que mais gostei dos dela!

    Abraços & até!!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo que eu tenha lido só dois livros dela esse também é o que eu mais gostei.

      Excluir
  24. Eu comprei esse livro num impulso, assim que li a sinopse dele pela primeira vez achei que lembrava aquele filme "Sucker Punk", nem estava tão animada assim para ler hahaha mas achei o livro do começo ao fim maravilhoso, e foi a primeira vez que li algo da Gayle, que já conhecia. Do nada peguei para o ler numa madrugada e acabei que li em dois dias, era o tipo de livro que precisava, aqueles que muda um pouco seu modo de pensar, e ela ainda conseguiu colocar um pouco de romance no meio de todo o drama. Super recomendo também!

    Abraços!
    honeypie

    ResponderExcluir

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)