Resenha: Garotas de Vidro [Projeto Literário]

23:32 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 25 Comments

Garotas de Vidro
Autora: Laurie Halse Anderson
Ano: 2012 / Páginas: 272
Editora: Novo Conceito



Sinopse: Lia está doente e sua obsessão pela magreza a deixa cada vez mais confusa entre a realidade e a mentira. Mas ela perde totalmente o controle quando recebe a notícia de que sua melhor amiga, Cassie, morreu sozinha em um quarto de motel. E o pior: Cassie ligou para Lia 33 vezes antes de morrer.
O que começou como uma aposta entre duas amigas para ver quem ficaria mais magra tornou-se o maior pesadelo de duas adolescentes reféns de seus próprios corpos.
Ao negar seu problema, Lia impõe a si mesma um regime cruel em que contar calorias não é o bastante. Ao omitir seu desespero, apela ao autoflagelo numa tentativa premeditada de aliviar seus tormentos. Seus pais e sua madrasta tentam ajudá-la a qualquer custo, mas nem mesmo sua doce irmã, Emma, consegue fazer com que Lia pare de se destruir.
Agora, Lia precisa encontrar um modo de lidar com todos os seus fantasmas, e a morte de Cassie é um deles.

Resenha: Depois que terminei esse livro fiquei um tempo pensando o quão forte ele é ao ponto de me atingir. No começo tive uma grande dificuldade com a leitura porque Lia é uma personagem tão melancólica que muitas vezes deixava o livro cansativo.
Essa foi minha primeira leitura com o tema sobre distúrbios alimentares  e não posso dizer que foi muito agradável. Claro que eu já estava ciente de que seria uma leitura um tanto complicada e forte, mas o livro só me pegou de jeito depois da página 100.
Decidi que ia dividir o livro em duas partes. A primeira: Lia, que estava sofrendo e tinha tantos problemas, que em determinado momento não percebeu que estava indo para o fundo do poço. E a segunda: Sua família, que estava fazendo de tudo para salva-lá, mas não entendiam de fato (ao meu ponto de vista) o que estava acontecendo com ela. Tendo feito essa divisão pude notar os dois lados que a autora queria mostrar, os dois lados sofrem e precisavam de ajuda.
A narrativa é muito profunda e ao mesmo tempo dolorosa, pois é Lia que narra então é como se estivéssemos lendo seu diário, sua dor, seu coração, sua mente. Alguns pontos da narração não é tão explicativa, então em muitos pontos temos que entender o que a autora quer nos passar.
É uma mensagem comovente que quebrantou meu coração, mesmo não sendo o melhor livro que já li, mexeu comigo e mudou minha forma de pensar. Só senti falta de um capricho melhor da autora, algumas explicações que ficaram no ar e um epilogo. Um epilogo era tudo que eu precisava.
Nota:

Blogs Participantes

Você pode ler também

25 comentários:

  1. Nossa! Não conhecia o livro, mas o título já é bem intrigante, pelo visto uma estória muito densa e profunda, provavelmente um livro que eu gostaria de ler. Obrigada por me apresentar a ele. Bjs

    http://territorio6.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por nada Gleyse. Eu só conheci ele por causa do projeto.

      Excluir
  2. gente esse livro mexeu muito comigo viu, principalmente porque já tive anorexia.
    é uma leitura que eu recomendo tbm sabe.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você superou Alice! Continue forte querida <3

      Excluir
  3. A falta de um epílogo, em geral, me deixa triste demais… Especialmente quando é uma história densa como essa. Precisamos ter o sopro de esperança sobre como as coisas se ajustaram.
    Eu tenho esse livro, mas ainda não o li. Quando o comprei, foi pensando no que você disse… Nunca li um livro sobre distúrbios alimentares e, pior, nunca li um livro que trouxesse alguma mensagem sobre o assunto. Acho que vou gostar da leitura, mas talvez não goste do processo de ler (rs). Pena que o enredo é um pouco arrastado e a autora parece ter deixado pontas soltas.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei da leitura, mas não gostei muito do processo de ler kkk
      Mas até que vale a pena, então dê uma chance.

      Excluir
  4. Sofia, gostei muito da tua resenha e do jeito de como você escreve, mas, se eu não me engano epílogos são mais usados em séries, não? Enfim, o livro parece ser muito bom e forte, só não sei se eu conseguiria me arriscar. Passei por alguns problemas pessoais que são retratados no livro e talvez isso possa me atingir demais, mas quem sabe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thaísa. Acho que não necessariamente. Já li livros que não eram de séries e tinham epílogos e já li séries que não tinham epílogos. Então acho que não é uma regra. Bjs.

      Excluir
  5. Oi, xará!
    Esse livro é muito intenso, lembro que o li já faz algum tempo, mas foi uma experiência incrível. Não mudou meu modo de pensar, mas me trouxe bastante informação a respeito das doenças.

    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sofi.
      Também conheci coisas novas sobre as doenças, mas senti que faltou algo mais...
      bjs

      Excluir
  6. Olha primeiramente quero te dar os parabéns pela sua resenha, porque está simples e objetiva e isso eu adoro. Até porque as vezes as pessoas escrevem um texto enorme que dá até preguiça de ler, mas você não, escreveu o essencial e isso me agradou muito. Adorei tudo que você contou sobre o livro. Já tinha lido algumas resenhas sobre ele, mas eu nunca tive curiosidade em ler, principalmente agora, porque se trata de um assunto bastante delicado e tudo mais. Eu estou mais nas minhas fases de romances, mas quem sabe na próxima, porque é sempre bom conhecer outros livros assim como esse.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/the-book-jar-parte-5.html
    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-diario-de-uma-garota-nada.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelos elogios Silvana. Fico feliz que tenha gostado.

      Excluir
  7. Olá!

    Sempre tive vontade de ler o livro, não lembro se já li alguma resenha, mas pela sua me interessei mais ainda. Adoro personagens dramáticos, histórias delicadas e tal. <3
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Não li sua resenha completamente, e isso pq estou justamente lendo o livro pro projeto literário. hahhaha
    Mas espero que o livro seja tão impactante pra mim quanto foi pra você. Amo livros que nos agregam algo. Então agora que vi a sua opinião me animei ainda mais para concluir a leitura =D

    ResponderExcluir
  9. Oi Sofia, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas alguns livros realmente mexem conosco.
    Problemas com distúrbios alimentares não é fácil, imagino o quanto a personagem sofreu.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  10. Eu li e realmente ele passou uma mensagem super importante,só que as vezes a mentalidade dela me deixava um pouco irritada.
    Adorei a resenha
    http://bibliotecadesajeitada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aconteceu comigo também.
      Ela parecia uma menina muito mimada.

      Excluir
  11. Oi Sofia,
    Eu já havia ouvido falar no livro, mas nunca tinha lido uma resenha sobre ele e caramba que história forte, pela densidade da leitura pressinto que é o tipo da obra que dá uma bela de uma ressaca e eu adoro livros assim. Entrou pra minha lista de desejados, sem dúvida!
    beijos
    Conversas de Alcova ❤

    ResponderExcluir
  12. Oooiêê!!!!
    eu sempre tive medo de ler esse livro, meu amigo que comprou
    o livro para ele ai eu troquei com ele mas não consegui ler, fiquei
    um pouco receoso, findei fazendo uma troca, que não deu certo (a garota me
    enganou)

    Bjks http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oie! Tudo bem?

    Ultimamente ando vendo muitas resenhas de livros sick-lits, mas confesso que não leio muitos... A maioria dos que li falam de câncer. A temática de distúrbios alimentares é promissora, algo diferente do que já li. Imagino que seja uma leitura um pouco pesada tanto pelo tema tanto pela personagem melancólica que vc disse que existe na obra.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Eu queria muito ler esse livro, uma amiga minha tem ele e echo que pegalo emprestado...
    Gostei muito da resenha apesar do começo como vc falou!!
    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Oi,
    Tenho esse livro já tem um tempo, sempre que penso em ler, acabo deixando de lado, pois uma leitura um tanto melancólica tem que ter um certo momento, não sei se leria nos dias atuais, pois como mencionei li algumas resenhas que de certa forma já me mostram bem o que encontramos neles.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos



    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  16. Garotas de Vidro é um dos meus livros favoritos ever.
    Amo a escrita da Lauren neste livro, a forma como ela usa as palavras, linda e sem muitos floreios. Confesso que a Lia me irritou um pouco no começo pela teimosia dela e egoísmo, mas depois fui me identificando... sim, me identifiquei com ela. Enfim, um dos livros mais verdadeiros e chocantes que já tive o prazer de ler.


    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá. Tenho muita vontade de ler esta obra. A capa é perfeita, e a premissa parece ser incrível poxa. Parece ser bem tocante, emocionante e um tema bem forte.
    Espero ter a oportunidade de ler.
    Beijos e parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  18. "Depois que terminei esse livro fiquei um tempo pensando o quão forte ele é ao ponto de me atingir." Você me conquistou nessa passagem. Já queria ler esse livro faz um tempo e por mais que você não tenha dado a nota máxima só me animou ainda mais para tirar minhas próprias conclusões, gostei da resenha.
    Abraços, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)