Cartas para R #3.

20:02 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 7 Comments



Querido Re.
Eu não acredito mais no amor.
Sim, eu estou mentindo. É impossível não creditar no amor. Não sou tão fria a esse ponto.
Mas é porque hoje em dia, parece que é impossível encontrar pessoas que acreditem no amor.
Eu já fui magoada muitas vezes. E "eles", desistiram de mim. Não acredito que todas as pessoas sejam iguais, mas por mais que eu acredite na diferença delas, mais elas me provam que são iguais.
Aos poucos, a vida vai me mostrando que não vale a pena viver nesse mundo.
As pessoas esqueceram o que existe dentro delas. Esqueceram que elas tem um coração. Esqueceram que eu tenho um coração.
Eu sei, o coração não é responsável pelos nossos sentimentos. Mas geralmente é lá que doí, quando estamos magoados.
Será que Aldous Huxley, estava certo quando escreveu Admirável Mundo Novo? Será que a nova geração será criada para ter somente os prazeres do sexo e se esquecer dos prazeres do amor?
Eu estou cansada. Todo o sentimentalismo e apego que eu tenho pelas pessoas, não me levam a nada.
Todos os dias eu tenho que estampar um sorriso no rosto e fingir que minha vida está bem. Que o mundo está bem.
Na verdade, acho que todos fazem isso. Os seres humanos são ótimos em esconder a poeira em baixo do tapete. E infelizmente eu estou aprendendo com eles.
Eu só espero que um dia, a humanidade perceba que tudo isso não vai leva-los a nada. Nos temos sentimentos Re. E precisamos mostrar o que estamos sentindo.
Talvez um dia, alguém apareça dizendo que me ama. E que deseja um futuro comigo.
Talvez eu acredite e siga em frente com meu novo amor.
Ou talvez, meu coração esteja tão seco, que realmente, eu deixei de acreditar no amor.

Até a próxima.
Seu Anjo!

Essa carta eu fiz para meu outro blog, Diário de uma Garota do Século XXI (www).

Você pode ler também

7 comentários:

  1. Olá!

    Que lindas palavras! que pena que os jovens de hoje já não pensam em um futuro a dois, só querem saber do agora...

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente querida. Pena que quem sofre é quem quer compromisso sério.

      Excluir
  2. Que texto liiindo, Sofia! Adorei, parabéns! Fiquei refletindo sobre os sentimentos...
    "Eu estou cansada. Todo o sentimentalismo e apego que eu tenho pelas pessoas, não me levam a nada.
    Todos os dias eu tenho que estampar um sorriso no rosto e fingir que minha vida está bem. Que o mundo está bem." <3
    Quem será o Re na vida dela hein, fiquei curiosa, haha.
    Bjbj
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk Obrigada meu amor. Talvez um dia eu revele quem é o Re.

      Excluir
  3. Oiii!!!! Adorei seu texto. Forte, sem ser chato ou cansativo. "Todos os dias eu tenho que estampar um sorriso no rosto e fingir que minha vida está bem." Me identifico bastante com essa frase. Ou melhor, todos nós. Mas conta quem é Re hein?
    Beijoooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada. Um elogio vindo de uma escritora sem dúvidas é maravilhoso. Como eu disse para a Carol, um dia talvez eu revele quem ele é.

      Excluir
  4. Adorei seu texto!
    A pura verdade do mundo hoje. As pessoas mudaram drasticamente, e essa geração nova, não pensa em futuro, família, sentimentos a dois. INFELIZMENTE!
    Bjos Sofia!

    Meu blog: http://lyusomah.tumblr.com

    ResponderExcluir

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)