Resenha: O Doador de Memórias (O Doador)

20:50 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 22 Comments

O Doador de Memórias
Autora: Lois Lowry Ano: 2014 / Páginas: 190
Idioma: português
Editora: Arqueiro (Parceira)


Sinopse: Em O doador de memórias, a premiada autora Lois Lowry constrói um mundo aparentemente ideal onde não existem dor, desigualdade, guerra nem qualquer tipo de conflito. Por outro lado, também não há amor, desejo ou alegria genuína. Os habitantes de uma pequena comunidade, satisfeitos com a vida ordenada, pacata e estável que levam, conhecem apenas o presente o passado e todas as lembranças do antigo mundo lhes foram apagados da mente. Um único indivíduo é encarregado de ser o guardião dessas memórias, com o objetivo de proteger o povo do sofrimento e, ao mesmo tempo, ter a sabedoria necessária para orientar os dirigentes da sociedade em momentos difíceis. Aos 12 anos, idade em que toda criança é designada à profissão que irá seguir, Jonas recebe a honra de se tornar o próximo guardião. Ele é avisado de que precisará passar por um treinamento difícil, que exigirá coragem, disciplina e muita força, mas não faz ideia de que seu mundo nunca mais será o mesmo. Orientado pelo velho Doador, Jonas descobre pouco a pouco o universo extraordinário que lhe fora roubado. Como uma névoa que vai se dissipando, a terrível realidade por trás daquela utopia começa a se revelar.

Resenha: Antes de começar, de fato, essa resenha tenho que confessar duas coisas. A primeira: Eu tinha uma ideia totalmente diferente desse livro. A segunda: Eu achava que ele ia ser chato, maçante, com uma narrativa que da aquele sono horrível.
Mas Lois Lowry, a autora, me deu um tremendo tapa na cara. Eu fiquei extremamente impressionada ao pensar, em como um livro pequeno pode ter me sugado e me levado para outro mundo em um piscar de olhos. Ultimamente posso dizer que são poucos os livros que conseguem mexer comigo. Mas esse com certeza está na minha lista de "Recomendo para todo mundo".
O Doador de Memórias é dividido em pequenos capítulos, e a cada página temos vontade de ler mais e mais só para descobrir como será o final.
Cada detalhe do livro foi muito bem planejado, desde os personagens até o mundo em que a autora criou.
Decidi que esse seria o primeiro livro que pegaria com a Arqueiro porque o filme me deixou curiosa e com muitas dúvidas. Mas como nem tudo é perfeito, o filme não conseguiu me passar nem a metade dos sentimos que agora tenho por esse livro (não vamos entrar muito no assunto livro x filme, ok?). Depois que conclui a leitura, foi como se eu tivesse levado aquele baque, ou melhor dizendo, aquela enxurrada de sentimentos confusos, que te fazem rir ou chorar ou os dois ao mesmo tempo.
Passei a madrugada inteira tentando decidir qual final se encaixaria melhor para minha linda onda de sentimentos, até porque a autora deixa o final do livro meio que em aberto.
A narrativa da autora é bem simples, ágil, sugadora, intensa e me deu um prazer imenso por ter essas qualidades incríveis e que eu adoro em muitos escritores.
Já o trabalho da editora foi tão bem feito que contribuiu muito para que a leitura fosse agradável. Páginas amarelas, letras com um tamanho bom e uma capa lindíssima. Mesmo sendo a capa do filme, o que não tem nada a ver com o livro, achei o trabalho da capa muito bem feito com um jogo de cores perfeito.
Vale ressaltar que, pelo que ouvi, o livro tem continuação (vocês nem imaginam o quanto estou feliz por saber disso). Então se você acabou a leitura e ficou com uma pulga atrás da orelha, se acalme, pois teremos mais Jonas em breve.
Não sei dizer exatamente para qual público alvo recomendo esse livro, pois como disse lá em cima recomendarei ele para todo mundo.


Nota:

P. S: Essa resenha ficou um pouco maior das que eu costumo fazer, mas quando eu amo um livro não consigo fazer uma resenha pequena.




Você pode ler também

22 comentários:

  1. Tem um tempo que quero ler esse livro, pois só vi o filme. Pela sua resenha, não irei me decepcionar. Eu amo distopia. Gosto de ver o quanto um ordem pede deixar o povo alienado e, principalmente, perceber que há redenção para a humanidade não é por um caminho linear.

    ResponderExcluir
  2. Olá; esse é um livro que eu vejo despertando comentários diversos pela blogsofera, uns amam, outros nem tanto. Ainda não li, mas talvez dê uma chance futuramente.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Adorei a sua resenha! Eu tenho uma grande curiosidade por esse livro, a sinopse e as resenhas que leio dele me deixa mais e mais curioso! O que mais me atrai nele é o enredo, achei bem diferente dos atuais e por isso fiquei mais interessado! Sua resenha me deixou muito curioso para lê-lo e, com certeza, eu irei compra-lo em breve! ;)

    Abraços e até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olha eu ainda não li o livro e nem vi o filme, mas estou bastante curiosa para saber sobre ambos, pois me parece ser bastante interessante, ainda mais se tratando de uma distopia. Estou lendo BRILHO no momento e estou amando e acho que vou gostar desse livro também. Mas olha gostei da maneira como você abordou sua opinião e também como contou sobre a história. Amei. Sério. Eu já tenho o livro, mas preciso fazer a leitura logo para poder conhecer. Parabéns =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-como-ser-popular.html

    ResponderExcluir
  5. Eu quero muito ler o livro, sabe quando você só lê a sinopse e pensa "eu preciso desse livro"? Foi assim comigo. E ler resenhas dele só me deixa mais louca ainda para conferir a obra!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Já assistir ao filme, mas ainda não li o livro, pretendo lê-lo em breve. Até porque, 99% das vezes o livro sempre é melhor.
    Fiquei muito contente de ler sua resenha, pois de todas que já li sobre o livro, a sua foi a mais positiva e a que mais me cativou para lê-lo.
    Parabéns pela resenha!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Aline.
      Leia sim. Você vai adorar.

      Excluir
  7. Dizem que esse foi um dos primeiros livros de distopia publicados em muito tempo, não sei se é verdade. Ainda não li por pura falta de interesse, mas assisti ao filme e confesso que não gostei muito da proposta do enredo, mesmo sabendo que é provavel que existam mudanças.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade sim. Ele foi publicado em 1993 e eu nem era nascida. Mesmo assim não deixa de ser um livro maravilhoso e que eu amei.

      Excluir
  8. Eu tinha a mesma opinião do livro até agora. Imaginava que fosse algo maçante e chato de ler, mas após a sua resenha resolvi dar uma chance.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é ótimo Thaísa. Espero que não se arrependa.

      Excluir
  9. Oi, tudo bem?
    Eu li O Doador de Memórias e também me apaixonei por essa história.
    Achei ela incrível mesmo! Eu adorei o personagem Jonas e a maneira que ele foi descobrindo tudo foi muito bacana.
    O conflito que o personagem ficou após conhecer como o mundo era antes também foi muito legal. Só o final que ficou meio vago nesse livro.


    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?

    Já li várias resenhas sobre esse livro e confesso que ainda não tenho TANTA vontade assim de lê-lo... ouvi dizer que ele deixa muitas pontas abertas. Participei de um clube do livro onde a temática era essa obra e ainda assim não fui seduzida pela história =/ Mas que bom que gostastes! Fico feliz.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  11. Oi,
    Li o livro e confesso que fiquei imaginando o mesmo que você, que seria uma leitura cansativa, fui surpreendida também pela escrita da autora que me envolveu de tal forma que praticamente devorei o livro poucas horas, eu gostei bastante da leitura e fiquei muito feliz que terá continuação.
    Ainda não assisti ao filme, mas já sei que é um tanto diferente.
    Parabéns pela resenha, assim como você quando gosto muito da história minhas resenhas ficam um pouco maiores.
    Beijos



    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  12. Oi Sofia, tudo bem?
    Não li o livro exatamente por achar que a leitura seria cansativa.
    Bom saber que não é, vai voltar para a lista de desejados.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que pensou de novo Angélica.
      Boa sorte com a leitura.

      Excluir
  13. Olá Sofia, tudo bem?

    Menina, cheguei a ler até a continuação, e fiz uma comparação com o filme. Claro que os livros são maravilhosos, mas o filme até que estava indo bem. O problema foi terem inventado um final, sendo que ele não tem :c

    Mas vamos ver o que os outros dois livros da série nos mostra!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Pamela. Mas aquele Jonas jovem me incomodou muito.

      Excluir
  14. Oie!!
    Eu já assisti ao filme e amei, imagina então como será o livro.
    Com certeza está nas minhas próximas leituras.
    O nome do segundo livro é A escolhida.
    Adorei sua resenha e estou seguindo o blog!
    ;*

    www.saladadelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Sofia-flor,
    Menina, já li resenhas muito negativas sobre esse livro e outras como a sua, de leitores que o adoraram. Eu prefiro ficar com a sua opinião (rs), porque me parece uma história interessante que merece uma chance. Eu acho que o enredo me conquistaria, mesmo com tão poucas páginas – o que sempre me deixa desejando mais (rs).
    Eu li resenhas sobre o livro 2 e nenhuma delas foi negativa.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Adoro ser surpreendida assim em um livro e confesso que antes de ler sua resenha pensava a mesma coisa sobre o livro. Que era chato e tals rsrs.
    Vou ler antes de ver o filme pra não me decepcionar.
    Acho que vou esperar lançar o segundo, pq odeio finais abertos rsrs
    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Sofiaaa!!
    Poxa, eu tinha dito que não manjava o que era o doador de memórias, mas pela capa do segundo livro nem fazia ideia de que era O DOADOR DE MEMORIAS!! eu não li o livro ainda, mas vi o filme e fiquei apaixonada!! Mesmo!! Não vejo a hora de ler o livro!!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)