Resenha: Zaphir - A Guerra dos Magos

16:59 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 8 Comments

 Zaphir
Autor: G. C. Milezzi
Ano: 2014 / Páginas: 325
Idioma: português
Editora: Beco das Letras

Sinopse: Gabriela é uma menina diferente. Gosta de futebol, jogo de taco e uma boa briga. Às voltas com as contradições e as agruras do começo da adolescência, ela tem que lidar ainda com o olhar das pessoas sobre si. Em seu comportamento ambíguo ela foge dos padrões e as pessoas normais não gostam daqueles que ousam ser diferentes. As meninas a detestam pelo pouco apreço que ela demonstra pelas referências mais comuns do universo feminino. Os garotos, por sua vez, não sabem como lidar com uma menina que age como um deles. Eles a chamam de "Perereca Musculosa", uma alcunha que ela ostenta com aparente satisfação. Entretanto, o que se vê na aparência nem sempre corresponde à verdade.
Um dia Gabriela encontra Michel, um nerd solitário e invisível para a maioria das pessoas, exceto para ela. Assim, uma bela amizade se inicia e a vida já não lhes parecia tão hostil e tediosa. Então algo extraordinário acontece quando experimentam um estranho jogo de videogame. Como por encanto, eles se transpõem para outro mundo. Um lugar de magia, onde são pessoas diferentes, com habilidades sobre-humanas e com possibilidade de viverem grandes aventuras.

Resenha: Ter um contato com esse livro me causou alguns sentimentos controversos pois vemos a história de dois mundos. O mundo real e o mundo do jogo, que chamamos assim até ter um contato maior e conhecer as histórias encantadoras do novo mundo que Gabriela e Michel vão conhecer.
Já li livros que me deixavam muito cansada por não ter um "lado atraente", e com Zaphir foi quase a mesma coisa. Eu amei o mundo de Az'Hur que o autor narra no jogo e pude sentir que ele planejou cada passo que os personagens iam dar, desde a profecia até o desfecho. Porém eu não consegui sentir isso no mundo real. Os diálogos, e algumas situações, do mundo real me parecem um pouco imaturos em relação ao mundo novo e talvez seja por isso que eu acabei me sentindo mais confortável quando lia as aventuras e histórias de Az'Hur.
O livro tem uma capa linda e gostei muito da diagramação. Uma das coisas que o autor poderia caprichar mais é no que ocorre fora de Az'Hur e colocar mais histórias da vida dos outros personagens do mundo do jogo.
Um dos pontos positivos que notei é a evolução do enredo e dos personagens. Tudo acontece tranquilamente e no seu devido tempo. A mudança em pequenos detalhes tornam o final do livro muito bonito e me deu um gosto de quero saber mais.
É um bom livro, que merece ser bem aproveitado. Como todos os livros que existem no mundo, pode te agradar ou não. No meu caso agradou, mas eu só mudaria um pouco algumas situações e aproveitaria mais alguns personagens que me encantaram e aparecem pouco.

Frase do livro que amei: "Todos nós somos pelo menos duas pessoas diferentes.   Respondeu Mordro calmamente.  A que pensamos ser e a que os outros pensam que somos. Qual é a verdadeira? Talvez nenhuma das duas. Durante nossas vidas usamos tantas máscaras que a pessoa real se perde pelo caminho."

Nota: 4/5 

Você pode ler também

8 comentários:

  1. Oi Sofia,
    não gostei do livro pelo que li em sua resenha. Ele me lembrou um pouco a O Jogo Infinito que foi um livro que detestei. Achei bem legal sua resenha, foi uma crítica muito construtiva, quem sabe dessa forma o autor/editora mude algo em uma futura edição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Italo. Eu gostaria de ler O Jogo do Infinito, talvez eu goste.
      Obrigada pelos elogios <3

      Excluir
  2. A premissa e bem interessante. Eu gostei de a personagem não ser uma bonequinha, como costumamos ver nos livros e acho que a estória parece sem bem divertida, em meio ao mundo do jogo. Talvez o erro do autor tem sido focar muito do mundo irreal, esquecendo do real... uma pena. Bjs

    http://territorio6.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei mais do mundo irreal. Também gostei da Gabriela, mas prefiro o Michel.

      Excluir
  3. Olha eu nunca ouvi falar desse livro, mas a capa me chamou bastante atenção.
    Achei bastante interessante o enredo da história, mas eu não sei, fiquei meio em dúvida quando li sua resenha. A história parece ser boa, mas eu acho que só lendo mesmo pra sabre se irei gostar ou não. Espero poder ter a oportunidade de fazer a leitura ou deixar uma das minhas colaboradoras fazer a resenha.

    Enfim...Parabéns pela sua resenha, porque ficou ótima =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/05/resenha-tres-dias-para-sempre.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Silvana. É um livro novo que está surgindo. Espero que um dia você leia.
      bjs

      Excluir
  4. Oi,
    Logo que vi o livro pensei em algo bem diferente tenho que confessa, sua resenha despertou minha curiosidade, por ter uma protagonista forte, não aquelas fracas ou perfeitinhas sabe?
    Sua resenha foi bem construtiva também, anotei a dica.
    Beijos



    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)