Liink – O Imortal [RESENHA]

07:16 João Henrique Arantes 9 Comments


Artista: Liink
Álbum: O Imortal
Ano: 2015
Rap, Nacional







Com 16 faixas, uma melhor que a outra em minha opinião, o 2º álbum do Liink, mostra a capacidade de uma rapper investindo em criticas pessoais que a maioria de nós, todos nós, vamos apoiar.
Porque eu escolhi esse álbum para resenhar?  Vou ser bem sincero com vocês, porque este álbum traz um conteúdo, novo, autoritário e inovador para a sua, a minha construção de pessoa, pode não trazer benefícios inovadores para o Rap, tudo bem, mas traz algo de dentro de si para fora.
Cada faixa traz um conteúdo pessoal, pode não ser no início, ou no meio, mas traz!
Sabe, uma coisa que eu penso sempre dentro de mim é, cantar é muito fácil, você pode ver qualquer um cantar e falar “nossa, ele canta bem”, “nossa, ela tem uma voz potente”, mas quando falamos de rappers, podemos escolher nos dedos os BONS de verdade, pensa comigo, uma canção normal, (NÃO IMPORTA A LETRA) tendo um ritmo gostoso, agradável, se torna legal. Já o Rap não, é obrigatório ter uma rima com conteúdo, um som que seja transparente ao conteúdo transmitido e que não seja uma desordem musical, e se for àqueles ritmos que ficam se repetindo constantemente, que dependem 100% do cantor para fazer a música acontecer, se o conteúdo não for bom na letra, não vai prestar, apenas! Por isso que acho Rap muito mais arte do que qualquer outro tipo de música (MENOS ÓPERA, QUEM CANTA ÓPERA AI, MEUS PARABÉNS).
O ponto mais alto do álbum é que a gente se entende, o álbum constrói em algumas faixas o rompimento, conserto de amores, bem fases adolescente, tendo esse público alvo.
O ponto baixo no álbum por inteiro, é que ele se torna cansativo ao longo das faixas, ele volta a falar de assuntos anteriores e rimas repetidas, mesmo tentando não mostrar, aparece nem que seja 5%, mais aparece.
Mais agora chega de falar, vamos ouvir as músicas que são melhores! (NA MINHA OPINÃO, CLARO)


 (Liink – De Ninguém)


De ninguém, de ninguém ela não é de ninguém
Mas também quando ela vem limite não tem
Não sigo a razão, cobro que por si só sustente-se
Se eu seguisse a razão a alegria estaria ausente
E se eu seguisse a razão a frustração seria eminente
A verdade é a fagulha que acende o medo
em mentes que mentem
Onde todos querem ter razão
Ninguém se entende
Onde se pede desculpa em vão
Geral consente. É
Onde o medo não é opção o amor se rende
Onde o destino e a sorte não são de ninguém

(Liink – É um Assalto)


Faz muito tempo desde que eu me dividi pela metade
Dos pecados capitais cês escolheram a vaidade
Minha geração é droga, luxo e um mundo figurado
Reclamando do governo e intopindo o cú de quadrado
(Pois é)”

(Liink – De Dentro Pra Fora)


“O ser humano tá sempre buscando atalhos
pra nunca bater de frente com a própria opinião
Não é não?
Afinal de contas tá sempre omitindo o eu de verdade
Nem tudo dura pra sempre só a frustração”

Melhor Música: De Ninguém
Nota:  9,0

Espero que tenham gostado, e que ouçam as músicas porque são realmente boas!

Você pode ler também

9 comentários:

  1. Oii, tudo bem?
    Achei bem legal a postagem, infelizmente não gosto muito desse cantor, mas fico contente pela sua empolgação.
    Beijos
    http://segredosliterarios-oficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o cantor e confesso que não curti, vou aguardar outras dicas.
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oee, tudo bem?
    É A primeira vez que ouço uma musica dele e então não sei muito se gostei ou não, vou pesquisar mais sobre ele :D

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi! Gostei de conhecer esse cantor… Não sabia nada sobre ele. Dei play em De Ninguém pelo seu comentário. Confesso que não faz meu estilo e não gostei da canção, mas a letra é boa mesmo! (rs)

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o cantor e não curti muitos essas músicas. Dessa vez deixo a dica passar.

    ResponderExcluir
  6. Acredita que eu ainda não conhecia Liink? Mas port udo o que você disse e pelas músicas, já gostei. Também acho que o rap é um gênero musical em que é preciso ainda mais esmero nas canções para que sejam boas.

    ResponderExcluir
  7. Oláá
    Não conhecia o cantor mas as músicas são legalzinhas apesar de não ser o que costumo escutar haha boa dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu achei a resenha um pouco confusa, mas confesso que esse não é muito um estilo que eu gostei. não combina muito comigo.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)