Resenha: Vamos Juntas? #MovimentoVamosJuntas

18:58 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 5 Comments

Vamos juntas?
Autora: Babi Souza
Ano: 2016 / Páginas: 144
Editora: Galera Record
Nota:

Sinopse: Toda mulher já se sentiu insegura na hora de sair sozinha na rua. O risco de ser abordada, perseguida ou assediada é uma realidade. Mas, um dia, uma moça chamada Babi Souza teve uma ideia simples e revolucionária: da próxima vez em que você estiver sozinha, olhe para os lados. Pode ter outra mulher andando na mesma direção. Por que não vão juntas?
Logo, o movimento Vamos Juntas? conquistou moças em todo o Brasil, se tornando um símbolo de união feminina e feminismo, na defesa por direitos iguais entre homens e mulheres. Aos poucos, muitas mulheres mudaram sua forma de enxergar o dia a dia e a moça ao lado. 
Além de dados sobre o feminismo, que mostram como ainda há tanto a ser conquistado, este guia traz relatos de mulheres que aprenderam, junto ao Vamos Juntas?, a enxergar companheiras umas nas outras. A se unir, ao invés de rivalizar.

Resenha: Vocês já ouviram falar na palavra sororidade? Nem eu, pelo menos não até descobrir o livro do movimento Vamos Juntas?.
Babi estava saindo do trabalho, quando passou por algo que toda mulher já teve na vida, o medo. Foi ai que ela viu que não só ela, mas as mulheres a sua volta tinham o mesmo sentimento e pensou: Porque não vamos juntas?

Sororidade ainda é uma palavra pouco usada, mas que é o foco do livro. Se vocês pesquisarem na internet vão ver que a palavra significa a união e aliança entre mulheres, baseado na empatia e companheirismo, em busca de alcançar objetivos em comum e é essa a proposta que a autora trás para o livro.


Vamos Juntas? é um livro pequeno, mas com um propósito muito bom. Babi reúne algumas informações sobre o movimento que criou com a ajuda de uma amiga depois de ter passado pelo momento delicado de andar pela rua sozinha, o que provavelmente já aconteceu com mais da metade das mulheres do mundo.

Ver o relato das leitoras de Babi é, ao mesmo tempo, encorajador e triste. Encorajador pois percebemos o quanto as mulheres são fortes quando se unem e triste por ver o quanto ainda temos que lutar e conquistar.
A editora caprichou em tudo que podia no livro. Com ilustrações, letras diferentes, curiosidades sobre o movimento feminista e alguns cards para recortar e colar aonde quisermos.

O livro é recomendado para todas as meninas e mulheres, pois a obra é um aprendizado que todas nós devemos não só guardar dentro de nós, mas coloca-lo em pratica.

Fotos do livro (via instagram do blog):
Dedico essa frase para minha mãe, que antes achava que teria que viver eternamente presa a um relacionamento vazio, dependendo financeiramente de um homem (meu pai). Aos poucos consegui mostrar a força e beleza que ela tem. Hoje ela é professora, está fazendo pôs-graduação, sustenta duas filhas sem ajuda de ninguém e é livre para fazer o que quiser. Dedico à todas as mulheres fortes do Brasil.




Resenha realizada em parceria com a Galera Record.


Você pode ler também

5 comentários:

  1. Eu ouvi falar bastante desse movimento quando lançou e agora tenho visto muitas pessoas falando sobre o livro, é muito importante essa união das mulheres! E a história da sua mãe é maravilhosa!! ♥ Flores no Outono

    ResponderExcluir
  2. Oii, tudo bem?
    Estou encantada com este livro que várias pessoas estão lendo e postando sobre, eu com toda certeza quero ler e apoio essa causa. Vamos juntas conquistar o que realmente queremos e o que merecemos.
    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Olá, faz pouco tempo que ouvi falar dessa obra, já li algumas resenhas e eles está tendo ótimas críticas. Estou interessada em ler também, parabéns pela resenha!

    Abraços
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  4. Achei legal o intuito da obra! porém como não sou mulher heheh mas achei bem interessante!


    Até mais :)
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)