A Agenda Esquecida - Final

17:26 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 2 Comments





Eu não podia acreditar, eu estava perdidamente apaixonado por ela. Não sabia a sua idade, nunca havia visto o seu rosto de fato, nem se quer em fotografia, mais ela era a criatura mais linda do mundo e agora eu sabia o seu segredo mais intimo, nada que eu fizesse poderia reverter a situação, os dias estavam contados e o meu tempo esgotando.
Perdi as contas de quantas vezes li aquele trecho:

"Hoje fui novamente ao consultório  es exames chegaram ao fim, o Doutor disse que eu tinha até o final do ano, poderia graças a Deus passar mais um natal com a minha mãe. Os médicos se empenharam muito no meu caso, mas não há mais nada o que fazer, como já era previsto."

Mais nada o que fazer, mais nada o que fazer... a junção dessas palavras não saíam da minha mente, chegava a me dar tontura.
Comecei a ler o restante da agenda desesperadamente, precisava encontrar alguma coisa, alguma coisa que eu não sabia o que era, quase no final das paginas ela havia contado que gostava muito de um restaurante de comida japonesa e para minha surpresa não era tão longe da minha casa, saí em disparada pelas ruas sem reparar na chuva que molhava meu rosto apavorado, cheguei ensopado ao restaurante e todos me olhavam. falei com um homem de cabelos grisalhos que trabalhava ali, perguntei se ele conhecia alguém que tivesse aquela agenda, ele balançou a cabeça e chamou o restante da equipe, então contei as pouca características de que sabia da tal garota e uma garçonete disse conhecê-la, senti um alivio sem tamanho, ela revelou que a minha amada se chamava Antonieta, que já era cliente do estabelecimento há anos e que sempre estava com aquela agenda nas mãos, mas também contou uma coisa que destruiu a minha sensação de alívio,disse que Antonieta estava eternada no Hospital Municipal Miguel Couto, disse que precisava falar com ela urgentemente então a garçonete me passou o endereço. Saí voando dali  sem ao menos agradecer, não tinha tempo para isso!
Minha vista estava embaçada e estava completamente tonto mais consegui chegar ao hospital com muito custo, falei com a atendente, uma negra que me olhava de cima a baixo meio desconfiada, perguntei qual era o quarto de Antonieta, ela disse que a paciente estava em péssimo estado e que só poderia fazer uma visita com a autorização da família.
Esperei não sei quanto tempo na porta do quarto dela, sua mãe estava lá dentro, ví aquela senhora sair do quarto com os olhos inchados de tanto chorar, disse para ela que era muito amigo de Antonieta e que vim para fazer uma visita, ela disse que isso era impossível, que Antonieta não tinha amigos e que eu não iria ve-la de jeito algum, mais então mostrei a agenda e ela cedeu me pedindo desculpas por desconfiar de mim.
Nunca senti aquela sensação, eu já estava no quarto de Antonieta, agora era só eu e ela, meu coração disparou, sentei em uma cadeira ao lado da cama onde deitava o meu amor, observei-a por um longo tempo ela era como um anjo meu coração doeu de ve-la alí naquela situação, ví como estava fraca.
Ela abriu os olhos e me olhou como se já me conhecesse a muito tempo, então a entreguei a agenda, parece que a minha missão tinha acabado, ela apenas disse: É você! Tenho sonhado todas as noites com você, um anjo que guardou a minha agenda, sabia que viria, sabia que faria o possível para me entregar essa agenda, a minha vida toda esta aqui, e minha cabeça já começa a embaralhar os fatos queria ler mais uma vez, me recordar de tudo para poder partir em paz, Obrigada!
Como era possível?  Ela sonhou comigo, em forma de anjo, mas estava tudo errado, ela que era o anjo, ela me ensinou a ver as coisas mais bonitas na simplicidade, e agora eu entendia, nada precisava fazer sentido, era tudo obrade Deus. Nada acontece por acaso não é mesmo?
Tinha tantas perguntas para lhe fazer mais não queria lhe cansar ainda mais, fui saindo, senti que fiz a coisa certa, sabia que sentiria falta do meu anjo, mais ela estaria lá, nos meus sonhos!


Créditos: Faz de Conta 
Autora: Maíra Cunha

Você pode ler também

2 comentários:

  1. Post divo *-*
    seguindo, pode me ajudar na minha meta??
    bejos,morango mordido

    ResponderExcluir
  2. Olá! Desculpa encher o saco, mas é que temos um projeto que ajuda pessoas com bulimia, anorexia, depressão, automutilação e bullying. Pedimos a sua colaboração para ajudar a divulgar o projeto. Se tudo caminhar bem muitas mais pessoas serão ajudadas. O nosso blog é esse : burlive.blogspot.com.br
    Muito obrigada pela atenção

    ResponderExcluir

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)