Sentimento.

21:53 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 2 Comments

Large

Dorme e sonha o sonho derramado de desejo,
Pense e viva de corpo e alma teu lampejo,
Quando a luz apaga eu sinto que te vejo
Penso no teu beijo .
Lança em teu destino o jargão do afago
Diz "eu te amo" pra não dizer " não me deixe de lado "
Não era carência, disse a consciência.
Nem pudor por falta de amor.
Mas era falta. Uma uma falta amalgamada:
Queria alguém que a entendesse,
que mostrasse o real interesse,
E vivesse até o fim do dia...
N'outro, acordar com um bom-dia...
Isso, ele amava fazer. E isso, ela amava receber.
Dar e receber. Receber e dar. Consistia no simples ato de gostar.
E eles se entenderam por toda a vida.
Tal, fora sempre, nossa poesia.


Henrique Gomes de Mesquita

Você pode ler também

2 comentários:

  1. vou confessar nao consegui ler tudo... falava sobre amor e eu nao estou muito forte para isso... sabes ne estar apaixonada por alguem nao é muito facil ahshas mas eu li ate uma certa parte e vi que era muito bonito adorei..

    inocentementeingenua.blogspot.com

    ResponderExcluir

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)