O Fantástico Mundo de Lorde

13:06 João Henrique Arantes 0 Comments

Lorde é uma cantora da Nova Zelândia, e que tirando o fato dela ser rica e cantora, ela é uma pessoa como você que sonha com todos os clichês á sua volta, mais se fosse com você seria diferente. Abrindo nossos olhos e conseguindo ver o quão lindo e maravilhoso é ser você mesmo. E pondo-se no seu lugar, a cada momento e lembrando quem realmente é!
Ella Yellich-O’Connor é a grande mente por traz do melhor álbum de 2013, PURE HEROINE.
Acho que o Pure Heroine, não é só um álbum contendo um monte de músicas, mais sim, o seu cotidiano, parece que é sua mente que canta as milhares tristezas e realidades e poucas partes de felicidade a prazer na sua vida.

Acho que o tema desse quadro combina muito com a Lorde, porque vejo que ela fez um mundo no Pure Heroine... Vamos dar uma olhadas nas três melhores músicas que eu amo, e na minha opinião, são as melhores!

#1 – Royals

Conhece néh? Acho que essa é a música que a voz dela mais se destaca, por ter poucos sons seguindo-a.
No começo da música ela fala “eu nunca vi um diamante ao vivo”, e já percebi que ela é das minhas kkk.
Em tempo que mostra não aprovar a forma com que os outros passam o tempo e ostentam o que tem, Lorde entrega então sentir um desejo por tudo isso, mas garante se satisfazer apenas em sonhar que também vive essa vida  “mas a gente não liga, dirigimos Cadillacs em nossos sonhos”.

#2 – A World Alone

Vi o que nessa música a Lorde, consegue mostrar mais ainda o quanto podemos nos considerar pakas! Com a simples fala “Nós dois temos um milhão de maus hábitos para mostrar, não dormir é um deles”  ela também vê o quanto as pessoas são falsas consigo mesmas e com as pessoas á sua volta, reclamando do trabalho, ou simplesmente sendo grandes idiotas.
“Mas as pessoas estão falando, as pessoas estão falando, deixe-as falarem” e foi com essa frase que ela finaliza essa grande música, vi na música o quanto “eles” acham que devemos nos preocupar com o que somos se somos felizes assim, estamos no rumo certo e não há ninguém que possa nós impedir de ser feliz ou de ser você mesmo”.

#3 – The Love Club 

Há, eu sabia no meio desse universo dark, havia uma música que me convida-se para amar!
O som celestial dos anjos e a voz da Lorde, combinação perfeita não? Essa música nada mais é, do que um convite para você criticar menos e amar mais kirida! Ou até mesmo revelar o quão falsa tua amiga é, e as coisas que você tá se matando de vergonha, tipo sua mãe  te sufocando com o amor materno dela e você apenas querendo mais espaço, mais na hora que ela fala “Tome a pílula, torne isso real” vi que se eu quiser fazer parte do clube do amor, tenho que morrer, porque as pessoas não compartilham isso, acho que cada um vê prazer na desgraça dos outros e eu admito, isso é uma delicia!


Espero que tenham gostado do quadro de hoje e até a última quarta-feira do mês, beijos!

Você pode ler também

0 Comentários:

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)