Resenha: Os 12 Magníficos: O Chamado

00:30 Sofia Trindade - Fórmula do Amor 0 Comments


 O ChamadoAutor: Michael Grant
Ano: 2016 / Páginas: 192
Editora: Galera Junior
Nota:

Sinopse: Mack sofre de um grau agudo de mediocridade. Aparência medíocre, notas medíocres, pais medíocres. E, com uma lista interminável de fobias e um bully em seu encalço, Mack está longe de um destino heroico. Pelo menos era isso que ele pensava.
Até o dia em que um homem de 3 mil anos chamado Grimluk traz uma notícia surreal: Mack foi designado para lutar contra uma terrível força maligna que ameaça destruir o mundo. Ele é parte de um grupo chamado os 12 Magníficos, e cabe a ele encontrar os outros onze integrantes. Juntos, os Magníficos deverão enfrentar oponentes aterrorizantes em uma caçada internacional.
E o ponto mais surreal dessa história é: a única pessoa que acompanhará Mack nessa jornada é Stefan, o rei dos bullies da escola e seu arqui-inimigo.


Resenha: Há muito que eu estava buscado um livro infantil que me animasse, desse prazer de ler e me mostrasse o quanto eu perdi por não ler na infância. Ao mesmo tempo eu buscava encontrar um autor novo que me encantasse com uma escrita boa, simples e inspiradora. Consegui encontrar os dois em um único livro e é com muito prazer que venho dizer que esse livro é um dos meus favoritos. Então se preparem que a resenha de hoje vai ser grande.

Mack é um menino com inúmeros medos e um passatempo muito curioso. Mesmo tendo medo de bichos, oceanos e afins a única coisa que o garoto não teme são os bullies. Os bulliens são os mais velhos da escola que estão sempre pegando no pé dos mais novos e correr deles é uma aventura deliciosa para Mack. Como em qualquer outro dia o menino estava fugindo de seus bullies quando ele salva Stefan, o rei dos bullies, de um acidente que poderia te-lo matado. E essa não foi a primeira vez que Mack salvou Stefan... Continuando sua vida considerada esquisita e problemática por seus pais, Mack recebe a visita de um velho que afirma com todas as letras que ele, aquele menino cheio de fobias e esquisito, irá salvar o mundo de uma rainha muito poderosa e sua filha. Essa parte é a menos esquisita de toda a história, pois o garoto vai ver, ouvir e lutar contra coisas que ele nunca viu na vida. Sem contar o Gollem que vai se passat por ele enquanto tudo isso acontece.

Os 12 Magníficos foi minha aposta pessoal para esse ano por não conhecer o autor e seus livros. Por ser um livro infantil eu já esperava uma leitura mais calma e dinâmica, porém não imaginava que ia ser tão incrível quanto foi. Michael Grant conseguiu introduzir uma história de fantasia muito boa no mundo atual, sem ignorar as tecnologias e referências a cultura POP, ao mesmo tempo que colocava elementos de magia e seres sobrenaturais no enredo.

Enquanto eu ia realizando a leitura não pude deixar de notar uma pequena e simples semelhança entre o livro e a série Os Legados de Lorien, principalmente a parte de procurar outros membros do grupo para derrotar um inimigo em comum, mas não é nada que provoque uma guerra e acusações de plágio para todos os lados.

O que mais me animou na obra toda foi como o autor vai sempre direto ao ponto sem mostrar os diversos rodeios que alguns livros possuem. Mesmo sendo pequeno a obra não passa aquela sensação de que está faltando algo ou que tenha ficado um furo na história, porque o autor está sempre focando somente no que é necessário e irá trazer algo para o livro. Isso fez com que a narrativa ganhasse seu diferencial e tornasse tudo mais fluído e divertido do que já era.

Pelo que percebi nas continuações vamos conhecer personagens e lugares novos, então estou torcendo para que tenha uma visitinha de Mack aqui no Brasil. Foi uma aventura muito deliciosa ter conhecido o livro, a escrita do autor e seus personagens nesse livro. Tudo que espero agora é que seus outros livros não me decepcionem e que sejam tão bons quanto esse foi para mim.
Resenha realizada em parceria com a Galera Record.

Você pode ler também

0 Comentários:

ATIVE AS NOTIFICAÇÕES de resposta clicando em "Notifique-me", no canto DIREITO da caixa de comentários.
Isso aumenta a interação entre blogueiro e leitor e você pode ler minha resposta :)